Os melhores vinhos especialmente para si - Entregamos na Europa l Ásia l Brasil l USA

Chateau La Mission Haut Brion 2015 - Wine Broker Company

Chateau La Mission Haut Brion 2018

Preço normal
€475,00
Preço de saldo
€475,00
Envio calculado no check-out.
Quantidade deve ser 1 ou mais

🚚  Entrega garantida e com seguro em seu país {flag} {country}

 

📦 Compre hoje para receber até {shipping_date}

Região: Pessac Leognan, Bordeaux, França
Uvas: Merlot/Cabernet Sauvignon/Cabernet Franc
Garrafa: 750ml
Safra: 2018

RP: 99
JS: 100

O La Mission Haut Brion em Talence produz um dos melhores vinhos de toda a região de Bordéus. Esta propriedade situa-se de um dos lados da estrada (RN 250), defrontando o seu rival de longa data, Haut-Brion, e tem um histórico brilhante praticamente inigualável que acompanha grande parte do século XX.

Esta propriedade tem uma longa história, tendo sido fundada pela Congregação da Missão, no século XVII. A grande parte do vinho foi feita por membros importantes da igreja. Uma das mais poderosas figuras históricas de França, Richelieu (um devoto do La Mission), foi citado como tendo dito: "Se Deus proibisse de beber, para que teria feito um tão bom vinho?". Como resultado da Revolução Francesa, a propriedade foi despojada da igreja e vendida a um comprador privado. A família Woltner adquiriu o La Mission em 1919. Foram eles, particularmente o falecido Frederic e o seu filho Henri – responsáveis pela ascendência da qualidade do vinho La Mission Haut-Brion para um nível igual e, que por vezes, superava os vinhos de “1o Cru” do Médoc e o vizinho Haut-Brion.

A genialidade de Woltner foi amplamente reconhecida em Bordéus. Ele era conhecido como um provador e enólogo talentoso e foi pioneiro na instalação de tanques de fermentação de metal, revestidos a vidro, fáceis de limpar em 1926. Muitos observadores atribuíram o carácter poderoso, denso, rico, frutado, do La Mission a estas cubas atarracadas, cuja sua forma, tende a aumentar o contacto da pele da uva ao suco durante a fermentação. Estas cubas foram substituídas sob a nova administração com uma inovadora técnica de fermentação controlada por computador.

O estilo do vinho La Mission Haut-Brion sempre foi a de uma riqueza intensa, de corpo inteiro, grande cor e extrato, e abundância de tanino. Eu tive o prazer de saborear todas as melhores colheitas do La Mission desde 1921, e é um vinho que pode facilmente durar 30-50 anos na garrafa. Sempre foi um vinho muito mais rico e mais poderoso do que a de seu arqui- rival de sempre Haut-Brion. Por esta razão, bem como a notável coerência em colheitas pobres e medíocres (juntamente com o Latour em Pauillac, que teve o melhor recorde em Bordéus de bons vinhos em colheitas pobres), La Mission tornou-se um dos vinhos mais populares de Bordéus.

Henri Woltner faleceu em 1974, e até a venda do La Mission Haut-Brion aos atuais proprietários de Haut-Brion, em 1983, o La Mission foi gerido por Francoise e Francis Dewavrin-Woltner. As brigas internas de família sobre a administração da propriedade levaram à venda do La Mission e das duas propriedades irmãs, La Tour Haut-Brion e a propriedade produtora de vinho branco a Laville Haut-Brion. Os Woltners estabeleceram-se no Napa Valley, onde produzem vinho nas encostas íngremes de Howell Mountain.

Desde 1983 que Jean Delmas agiu rapidamente para imprimir a marca da sua filosofia de vinificação nos vinhos desta propriedade. Depois da propriedade ser vendida, em 1983, a equipe de vinificação foi prontamente demitida e Delmas começou a aumentar a percentagem de carvalho novo que se deteriorou devido às dificuldades financeiras sentidas pelo regime Woltner. Agora La Mission, como Haut- Brion, é envelhecido em barris novos de 100% carvalho . Além disso, a quantidade de Merlot foi aumentada para 45 %, com a redução das quantidades de Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc.

As primeiras colheitas sob a direção de Delmas foram muito boas, mas não tinham a força e a extraordinária riqueza superior vista em La Mission nos anos anteriores. Eram vinhos tecnicamente corretos, mas faltava um pouco de alma e personalidade. Com a montagem de uma inovadora instalação de vinificação na propriedade a tempo da colheita de 1987, a qualidade do vinho rapidamente voltou aos seus anos de glória. O vinho é mais limpo, e as falhas, tais como os níveis elevados de acidez volátil, bem como taninos rústicos que apareceram em algumas colheitas mais antigas do La Mission é improvável que alguma vez mais surjam sob a gestão meticulosa de Jean Delmas. No entanto, após um período transitório entre 1983 e 1986, o La Mission Haut-Brion voltou no final de 1980 a produzir um dos melhores vinhos da colheita de 1987, uma beleza em 1988, e um sumptuoso, perfeito 1989, sem dúvida, o melhor vinho da década do La Mission.